Programa Arte Extrema 0062

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Vídeos

Evergrey (Suécia)
Novíssimo clipe desses suecos, uma das principais bandas de Prog Metal da atualidade. Essa música foi retirada do álbum “Hymns for the Broken” (2014), nono da carreira do quinteto e que marca o retorno de Henrik Danhage (guitarra) e Jonas Ekdahl (bateria).
Mais informações:



Kontrust (Áustria)
Difícil de rotular o som destes austríacos, a única certeza é que os fãs de um Rock/Metal alternativo irão curtir. Esta faixa é do novo disco, “Explositive”, lançado este ano.
Mais informações:



Nameless Crime (Itália)
Estes italianos vêm divulgando seu quarto álbum de estúdio, “Stone The Fool” (2014). Seu som mescla Prog Metal com Metal alternativo.
Mais informações:



From Earth (Holanda)
Fazendo um som brutal e moderno, esses holandeses divulgam atualmente seu primeiro álbum intitulado “Dark Waves” (2014).
Mais informações:



Addicted To Pain (Brasil)
Representando o Brasil nesta seção temos a Addicted To Pain, que faz um som Moderno e atual. Esta música é do primeiro EP “Queen Of All Lies”, lançada neste ano.
Mais informações:



Em Nome do Medo – “A Brazilian Tribute To Moonspell” – 2014 - Heavy and Loud Press/Burn Productions (Nacional)

Já adiantando, sem bairrismo e muito menos demagogia, “Em Nome do Medo – A Brazilian Tribute to Moonspell” é um dos tributos mais interessantes e honestos que já vi. Em meio a tantos caça-níqueis, esta homenagem soa sincera e digna de respeito, até porque está disponível gratuitamente para download.

São 18 bandas brasileiras, de praticamente todas as regiões, prestando um tributo a maior banda da história do Metal português. Mesmo não sendo uma banda tão antiga assim, o Moonspell foi e é influente, sendo digno de merecer tal homenagem.

Os trabalhos mais sombrios da banda foram o foco do repertório, e no que se diz ao conteúdo do trabalho ele soa como todos os tributos. Isto é, há momentos memoráveis, alguns medianos, outros que não deram certo, mas nenhum momento horrível, assim por dizer.

Mais uma vez fica evidente que as bandas não investem tanto em produções quando se trata de tributos, pois dá pra sentir que há bandas muito bem produzidas em seus trabalhos autorais, que aqui não se esforçaram muito pra fazer com que seu som ficasse acima da média, mas isso não é uma generalização.

Falando de coisas boas, começamos do início. O Malkuth abrindo o álbum foi um acerto e tanto. Além de se tratar de uma banda tradicional do Black Metal nacional, os pernambucanos fizeram uma ótima versão para Tenebrarum Oratorium. Outro tradicional grupo de Black Metal, o Pátria fez uma versão quase fiel a Wolfshade, sendo que deixaram de lado os vocais limpos e meteram sua identidade na composição.

A versão para Of Dream and Drama, do Soturnus é aquela que soa como diferenciada, com uma roupagem nova, mas que ficou interessante, o que não pode ser dito sobre o Silent Cry que fez uma versão bem morna de Opium. Enquanto isso Malefactor e As Dramatic Homage deram suas caras a Alma Mater e Full Moon Madness, respectivamente, sendo que a banda carioca ficou mais próxima da original, até pelo seu som ser influenciado pelo Moonspell.

Das que tentaram dar sua cara às composições e não obtiveram êxito podemos citar Obskure e Helllight. Mesmo as versões não ficando ruins (longe disso) não empolgam tanto. Há altos e baixos, além de médios, mas de ruim mesmo não podemos mencionar nada, até por se tratar de um repertório rico e canções fortes criadas durante os 22 anos de Moonspell.

A capa, de autoria do designer e um dos idealizadores do projeto Alcides Burn, apresenta duas espécies de lobo: o brasileiro guará e o português ibérico, sendo mais um ponto positivo do álbum, pois une uma belíssima arte com uma ideia brilhante dos laços Brasil/Portugal. Ué, ainda não baixou?


8,0

Vitor Franceschini


Arte News

PAURA é atração do IV PONTA URBANA ROCK 2014
A cidade de Valinhos vai tremer neste final de semana! A cidade recebe a quarta edição do festival Ponta Urbana Rock, neste sábado e domingo, no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini. A entrada é apenas um livro novo ou usado, que será doado à Biblioteca Móvel.

Uma das principais atrações do evento é o renomado Paura. Com quase 20 anos de carreira, o grupo volta a se apresentar no interior do Estado de São Paulo, para promover o novo álbum “Tameless”.

Reconhecido como um dos nomes mais respeitados do hardcore sul-americano, a banda deve apresentar clássicos como “Reverse The Flow”, “No Hard Feelings!? Fuck You!”, “Bull Control”, além de suas novas composições que tem surtindo belo efeito durante as exibições.

Além das atrações musicais, o Ponta Urbana Rock também oferecerá oficina “Skate Constrói” para crianças e adolescentes. A oficina acontece no sábado, das 9h às 12h. Os shows, em ambos os dias, das 14h às 21h.

Serviço Valinhos
Ponta Urbana apresenta Ponta Urbana Rock 2014
Local: Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini
End: Rua João VI, 82 – Jardim Planalto, Valinhos/SP.
Entrada: Livro Novo ou Usado
Info: (19) 9 9227 2534
Horários sábado (29/11): Mete Ficha (14h) | Banda Foo Dogs (15h) | Blowpipe Thrash (16h) | Bang Loko Sound (17h) | Banda Cerkelétrika (18h) | Cardiac (19h)
Horários domingo (30/11): SETI (14h) | TheOffer (15h) | Don Ramón (16h) | BAD TASTE (17h) | Paura (18h) | Statues on Fire (19h)
Apoio: Disorder / Secretaria de Cultura e Turismo de Valinhos
Patrocínio: Motim Records
Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/760892663947573/


KORZUS é confirmado como headliner do Goiânia Noise Festival
O Korzus, um dos maiores ícones do heavy metal brasileiro, já está colocando o pé na estrada para promover o aclamado novo álbum “Legion” pelo país. Após devastadora performance no Espaço das Américas, em São Paulo, o grupo foi confirmado como headliner da edição comemorativa de 20 anos do tradicional Goiânia Noise Festival. O evento, que será realizado nos dias 5, 6 e 7 de dezembro, no Centro Cultural Oscar Niemeyer e no Centro Cultural Martin Cererê, em Goiânia, também contará com a participação de Biohazard (EUA), Terrorizer (EUA), Matanza e Cachorro Grande, entre outros.

No repertório, além das novas composições, Marcello Pompeu (vocal), Heros Trench (guitarra), Dick Siebert (baixo), Antônio Araújo (guitarra) e Rodrigo Oliveira (bateria) devem executar clássicos como “Correria”, “Mass Illusion”, “Discipline of Hate”, “Never Die”, “Guilty Silence”, “Ties of Blood”, “Raise Your Soul”, “Truth”, “I Am your God”, “What Are You Looking For”. Mais informações em http://goianianoisefestival.com.br.

Celebrando inigualáveis 31 anos de carreira, o quinteto paulista novamente coroa sua respeitável discografia com mais um grande trabalho. “Legion” já vem sendo considerado um dos melhores lançamentos do metal nacional em 2014 e é a perfeita evidência de que a banda está cada dia mais forte, insana e devastadora, fazendo com que seu thrash metal ecoe pelos quatro cantos do planeta.

Confira o lyric video de “Bleeding Pride” em https://www.youtube.com/watch?v=LKqEqL-JsHU.

Produtores interessados em contratar o espetáculo do Korzus devem entrar em contato com a Agência Sob Controle no e-mail sobcontroleproducoes@yahoo.com.br.


KING BIRD: EP ‘Beyond The Rainbow’ para audição gratuita!

O KING BIRD acaba de disponibilizar seu mais recente EP para audição gratuita no canal da banda no You Tube.

Estamos falando de ‘Beyond The Rainbow’, trabalho que, como o nome indica, tem ligação direta com o grande Ronnie James Dio. O EP é uma homenagem do grupo brasileiro a uma das maiores vozes do Rock e Metal de todos os tempos.

Para ouvir, visite:

Beyond The Rainbow:
https://www.youtube.com/watch?v=o6qJfsZBwW4

On The Fence:
https://www.youtube.com/watch?v=freV51-P5zo

24 Hours:
https://www.youtube.com/watch?v=hauxD9tHZWM

Don’t Be Late:
https://www.youtube.com/watch?v=tblLJh7lENc

O novo single, ‘Daybreak’, que já conta com a presença do vocalista Ton Cremon também está disponível no CD Baby pelo link:http://www.cdbaby.com/m/cd/kingbird12

Hoje a banda também tem um compromisso ao vivo com seus fãs no Blackmore Rock Bar em São Paulo capital. O show está marcado para as 22h em ponto e ainda conta com uma banda cover do Thin Lizzy para aquecer a galera. Mais informações: www.blackmore.com.br

Contato: shows@kingbird.com.br

Sites Relacionados:
www.kingbird.com.br
www.facebook.com/KingBirdBand
www.metalmedia.com.br/kingbird


REPUBLICA confirmado no line up do Amplitude Rock Festival
Com o prestigio de já ter se apresentado nos renomados festivais Lollapalooza e Rock in Rio, a banda Republica é a mais nova e última atração confirmada para a primeira edição do AMPLITUDE ROCK FESTIVAL. O evento que acontece, neste sábado e domingo (29-30/11), no Clube dos Sargentos, em Osasco, também contará com a exibição das bandas Raimundos, Dead Fish, Detonautas Roque Clube e Tihuana.

Leo Belling (vocal), Luiz Fernando Vieira (guitarra), Marco Vieira (baixo) e Jorge Marinhas (guitarra) estão escalados para tocar no segundo dia do festival. Neste momento, o grupo está divulgando o recém-lançado videoclipe para “El Diablo”, uma das principais composições do álbum “Point Of No Return” (2013). O video ganhou destaque na página principal de lançamentos da Vevo ao lado de artistas como Beyoncé, One Diretion, Eminem, AC/DC e Gilberto Gil. Confira em http://vevo.ly/L0h2Ix.

line up do AMPLITUDE ROCK FESTIVAL está dividido da seguinte forma:
Dia 29/11: Tihuana, Detonautas Roque Clube, Naguetta, Euphúria, Suiteluxo, BQuatro.
Dia 30/11: Raimundos, Dead Fish, Project46, Troll, Republica e Muqueta na Oreia.

Os ingressos continuam à venda em diversos pontos nas cidades de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Itapevi, São Paulo e ABC ou pela internet, através da Ticket Brasil (www.ticketbrasil.com.br/festival/2618-amplituderockfestival-osasco-sp/ingressos) e locais autorizados pela empresa na capital paulista. As entradas custam entre R$ 35,00 e R$ 70,00. Mais informações no serviço abaixo.

A ideia do festival é tornar-se itinerante, sempre reunindo os principais nomes da música brasileira, além de proporcionar espaço aos novos artistas.

No dia 6 de dezembro, o evento invade Curitiba, com as bandas Sepultura, Dead Fish, Project46, No Way, Brave Heart, Krucipha e Fire Shadow.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/AMPLITUDEROCKFESTIVALOSACO
https://www.facebook.com/AmplitudeProdutoraStudio
https://www.facebook.com/raimundosrock
https://www.facebook.com/tihuana.rock
https://www.facebook.com/Detonautas
https://www.facebook.com/deadfishoficial
https://www.facebook.com/Project46
https://www.facebook.com/trollporradaoficial
https://www.facebook.com/bandanaguetta
https://www.facebook.com/euphuria
https://www.facebook.com/suiteluxo
https://www.facebook.com/bquatro.uberaba
https://www.facebook.com/MuquetaNaOreia
https://www.facebook.com/RepublicaRock

Serviço AMPLITUDE ROCK FESTIVAL
Realização Amplitude Produtora e Estúdio
Dias: 29 e 30 de Novembro
Local: Clube dos Sargentos
Endereço: Av. Luiz Rink, 187 – Vila São José – Osasco
Hora: 14h (open doors)
Dia 29: Tihuana, Detonautas Roque Clube, Naguetta, Euphúria, Suiteluxo, BQuatro
Dia 30: Raimundos, Dead Fish, Project46, Troll, Republica e Muqueta na Oreia
Infoline: (11) 3462-2915 | www.amplitudestudio.com.br
Imprensa: (11) 9 6419.7206 | press@theultimatemusic.com
Apoio: Secretaria de Cultura de Osasco e Kiss FM

Ingressos:
1º Lote: R$ 35,00 (individual/1 dia) | R$ 60,00 (ind/combo festival completo)
2º Lote: R$ 45,00 (individual/1 dia) | R$ 70,00 (ind/combo festival completo)

Pontos de venda:
OSASCO
– B2 Surf – Wear Av. dos Autonomistas, 5059 – Km 18 | (11) 3695-2884
– Microcamp Av; Dos Autonomistas, 2725 – (11) 3699-0111
CARAPICUÍBA
– A Lenda Tattoo – Travessa David Salomão, 14 – Calçadão | (11) 4183-1071
BARUERI
– Point Hippie – Rua Campos Sales, 173 – Centro Barueri | (11) 4198-8054
ITAPEVI
– Casa Marley – Ladeira Hugo Michellotti, 18 – Centro | (11) 4773-3129

Ingresso online e pontos de venda em São Paulo e ABC: https://ticketbrasil.com.br/festival/2618-amplituderockfestival-osasco-sp/

Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/1475432009384329/


UGANGA: novo videoclipe já disponível no Youtube 
 
"Opressor", o tão aguardado novo disco de estúdio do Uganga, foi oficialmente lançado no último dia 10 de Novembro durante um badalado coquetel fechado para a imprensa numa casa noturna na zona oeste de São Paulo. Dezenas de jornalistas prestigiaram o evento que também marcou o lançamento do novo videoclipe do grupo para a música "Casa", uma das faixas do novo álbum.

Com imagens coletadas durante a mais recente turnê européia do Uganga que passou por oito países, "Casa" foi mais uma vez dirigido por Eddie Shumway, com quem a banda já havia trabalhado em seus vídeos anteriores.

O videoclipe "Casa" estreiou para o público durante a edição de número 62 do Programa Arte Extrema. O vídeo já está disponível no canal oficial da banda no Youtube e pode ser assistido através do link http://youtu.be/k8UFjEcBJC4


Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Entrevista



“Eternal Rise” (2013), primeiro EP da banda Hazy, chegou sem muito alarde e aos poucos foi ganhando destaque no underground. Juntando características do Death Metal com melodia e ‘groove’, o trabalho vem chamando atenção até hoje. Atualmente formada por Diego Sachi (vocal), Eduardo Gochi (baixo), Marcio Lucca (bateria) e Vinicius Marcel (guitarra), a banda agora prepara o debut. Falamos com Sachi sobre o EP, além de outros assuntos como a própria preparação do álbum de estreia.

No seu primeiro EP “Eternal Rise” o Hazy mostra uma sonoridade focada no Death Metal, mas que não se restringe a isso já que há melodia e ‘groove’ nas composições. Essa foi a intenção da banda desde o início?

Diego Sachi: Bom, primeiro eu gostaria de te agradecer mais uma vez pela oportunidade e pelo apoio que você tem dado a HAZY. É sempre bom saber que temos ótimos profissionais com quem podemos contar. Não. Nossa única intenção foi fazer um som honesto, que nós ouviríamos nas nossas casas e compraríamos CDs. O direcionamento que o som foi tomando é o reflexo de todas as nossas influências. Todos nós na banda temos influências diferentes, alguns mais extremos e outros nem tanto, então isso se refletiu no nosso som. Foi algo que fluiu naturalmente e não programado, sabe?

E como você definiria a sonoridade da banda?

Diego: Nós nunca tentamos definir o nosso som. Nós simplesmente fazemos Metal. O legal é que essa “definição” muda de acordo com a pessoa que ouve.
Normalmente quando você se define você automaticamente não se permite caminhar por outros lugares, sabe? Então você cria um estilo e fica difícil por agregar novos elementos a música. O bom disso é que a definição vem das pessoas. Muitas pessoas quando nos ouvem falam que fazemos Thrash Metal outras que nós fazemos Death... e eu já li resenhas que falavam que nós fazíamos um “Groove Metal” (risos). Então, simplesmente fazemos Metal.


Essa inclusão de elementos melódicos e ‘groove’ pode ser arriscada pra uma banda que aposta no Death Metal. Vocês procuraram equilibrar isso ou tiveram esse cuidado na hora de compor/executar as composições de “Eternal Rise”?

Diego: O “groove” já se tornou uma característica da nossa música, mas nós procuramos nunca exagerar em nada que fazemos. Nem muito nem pouco. O suficiente para dar outras nuances na música. Gostamos de algo mais pesado, mais direto, mas ao mesmo tempo sentimos falta disso em algumas músicas que ouvimos de outras bandas.  É arriscado sim, mas é algo que acabou se tornando natural no nosso som, saca? Não planejamos isso quando começamos a compor a música isso simplesmente aparece naturalmente.


Apesar de ser o primeiro trabalho e a banda ser relativamente nova, “Eternal Rise” mostra uma banda madura. Como foi compor este trabalho e a que você acha que deve este fato?
Diego: Quando começamos a compor o “Eternal Rise” eu era praticamente um estranho na banda. Os outros membros já se conheciam há mais de 10 anos. Eles tinham mais entrosamento e conheciam cada um seus limites e seus instrumentos e comigo foi diferente. Eles não me conheciam, tão pouco minha voz e tudo que eu poderia dar. Então, a medida em que as músicas iam saindo nós íamos nos conhecendo e automaticamente sabendo o que poderíamos “extrair” um do outro. Mas foi um processo trabalhoso, porém prazeroso. Era praticamente a primeira vez que eu via uma composição minha tomar forma e ser tocada por outras pessoas. Acredito que a maturidade da banda se dá muito à maneira como encaramos o nosso trabalho. Nós não vemos a HAZY como uma brincadeira de garagem e embora isso não nos de rios de dinheiro, nós acreditamos no que fazemos e fazemos tudo com muita seriedade.  Se as pessoas percebem que isto pra você é apenas uma brincadeira, elas passam a não dar o respeito que a banda merece e isso é muito ruim.


As músicas mostram um bom equilíbrio entre si dificultando destacar uma apenas.
Diego: Isto eu recebo como elogio. (risos) Nós tentamos fazer um som coerente e manter o mesmo nível entre todas as músicas. Não é legal quando você ouve um CD, ele começa maravilhoso e vai ficando sem graça durante as músicas e fica sem energia no final. Nós trabalhamos as nossas músicas de maneira mais “matemática” então tentamos nunca deixar com que elas fiquem desconexas e coisas do tipo.



O disco contou com a produção de Marcelo Pompu e Heros Trench. Como foi trabalhar com eles já no primeiro EP?
Diego: Cara, poder trabalhar com pessoas que são ícones do Metal Nacional é sempre um prazer. É acima de tudo, um grande aprendizado para nós que estamos começando agora. Imagina o que é receber conselhos de uma pessoa que tem 40 anos só de Metal. Foi sensacional. Eles nos deram total suporte e liberdade para regravarmos tudo aquilo que fosse necessário e eu acho que o resultado final foi muito positivo. Sem falar que, o Marcelo Pompeu é uma figura, engraçado pra caramba. Sem sombra de dúvidas é onde pretendemos gravar o nosso full.

E como você vê “Eternal Rise” hoje, já que o disco foi lançado em 2013?
Diego: Eu vejo como um conjunto bem feito. Tivemos a sorte de trabalhar com excelentes profissionais que nos ajudaram muito... Desde a arte da capa, o design até mesmo a gravação/mixagem/masterização, mas hoje eu sei que este trabalho representa o começo da banda. Nossas composições hoje são diferentes. Elas mantém a mesma essência porque isso é algo particular nosso, mas nós nos desenvolvemos como músicos e isso refletiu nas nossas novas músicas. Não tivemos uma mudança brusca mas ela é notável quando se ouve um material novo nosso.

Qual a repercussão do EP tanto por parte da crítica quanto por parte do público? Ele chegou a ser lançado e obter resposta do exterior?
Diego: Sempre foi muito boa. Quando lançamos o teaser, já recebemos algumas boas criticas pelo teaser e o mesmo aconteceu quando soltamos a capa. Quando de fato lançamos o EP, ai que tudo mudou. A galera começou a reconhecer mais nosso trabalho. Sempre recebemos boas criticas tanto de sites especializados como de fãs de Metal. Ele não foi oficialmente lançado no exterior, mas algumas cópias foram para lá e algumas outras vão para a Alemanha e para Nova York agora em Dezembro. Mas nós recebemos mensagens de fora do Brasil. Nossa primeira venda de EP digital foi de um comprador da Alemanha. Mas estamos em negociação para que ele possa ser relançado em outros a Países. Acredito que em menos de um mês tudo estará resolvido.

Provavelmente já estão trabalhando em um novo trabalho. Em que formato ele virá? Pode nos adiantar alguma coisa?
Diego: Sim, já estamos trabalhando em um material novo... Aliás, duas dessas músicas novas já foram tocadas ao vivo no lançamento do nosso EP. Já temos bastantes coisas pré-definidas sobre esse novo CD, um “conceito” estabelecido e o que virá por trás dele. Só estamos esperando oficializar o nosso novo baterista para poder dar continuidade ao trabalho que já começamos anteriormente com o Marcio. Vamos lançar esse novo CD em formato físico, com encarte e tudo e se tudo de certo, iremos relançar o “Eternal Rise” em um novo formato com algumas coisas diferentes.

Pode deixar uma mensagem.
Diego: Bom, gostaria de agradecer pelo espaço e oportunidade de mostrar um pouco mais o nosso trabalho. Também gostaria de agradecer a todas as pessoas envolvidas em cada passo que damos e as pessoas que nos acompanham dentro e fora de São Paulo, as bandas que já dividimos palco, produtores de evento que nos contratam e acreditam no nosso trabalho e aos nossos fãs que fazem com que a gente continue se empenhando para levar o melhor de nós para eles. Criar uma banda não é uma tarefa fácil, mas manter ela na ativa é uma tarefa muito mais difícil ainda. E gostaria de parabenizá-lo pelo trabalho feito com o Blog. Hoje em dia é muito mais comum você ver pessoas criticando as outras bandas do que abrindo espaço para elas e pessoas como você, fazem total diferença na cena. Isto é sim a união headbanger! E quem quiser conhecer e saber mais sobre a HAZY, vou deixar aqui alguns links:

Girlie Hell – “Hit and Run” – 7”EP – 2014 – Independente (Nacional)

Prestes a completar sete anos de carreira, as meninas do Girlie Hell nos presenteiam com este compacto belíssimo, composto por duas composições e um trabalho estético de ‘glorificar’. A música então nem se fala, já que a banda se mostra em seu melhor momento.

O trabalho foi lançado com ajuda de financiamento coletivo e nada mais justo, pois o que é bom tem que se mostrar mesmo. Gunpowder, a faixa do lado A da bolacha, é poderosa, tem um riff inicial marcante, além de ser a prova de que a banda vive um momento criativo extremamente produtivo.

Till The End, que compõe o lado B, é uma faixa característica e mais emotiva, mostrando a banda com um poder e ideal definidos. O compacto mostra um trabalho de guitarras simples, mas muito eficiente, além de uma cozinha equilibrada e Bullas Attekita (também guitarrista) cantando muito. Aliás, o trabalho de vozes no disco é um dos destaques com ‘backings’ bem sacados.

A produção assinada por Marcello Pompeu e Heros Trench (ambos integrantes do Korzus) dispensa comentários e mostra que os caras estão no topo da ‘área’ no Brasil. A masterização é de Alan Douches, feita no West WestSide Music nos Estados Unidos, que já trabalhou com Cannibal Corpse, Death, Deicide, Krisiun, Mastodon, etc. Coisa boa demais de se ouvir!


8,5

Vitor Franceschini


Arte News

REPUBLICA: El Diablo novo videoclipe pela Vevo, traz a luxúria como tema principal
A música faz parte do elogiado novo álbum da banda "Point Of No Return"
Lilith e Asmodeus são dois dos mais demoníacos personagens da mitologia grega. Lilith simboliza a serpente que levou Eva a comer o fruto proibido, enquanto que Asmodeus é um dos sete príncipes do inferno, descendendo diretamente de Lúcifer. Tanto Lilith quanto Asmodeus trazem como principal característica a luxúria e, juntos, são a representação máxima do vício e a satisfação desregrada dos desejos sexuais.

Utilizando-se de todo simbolismo mitológico, como poderíamos representar esse casal no século XXI? Essa é justamente a narrativa do videoclipe "El Diablo" que a banda Republica lança nesta quinta-feira, 27 de Novembro, com exclusividade pela Vevo.
 
Dirigido por Gerardo Fontenelle, o vídeo de "El Diablo" usa uma estética cinematográfica atual misturando surrealismo e cinema noir.
"Lilith e Asmodeus são transportados para o século XXI numa referência aos conflitos da vida moderna. Ela, uma mulher linda, sensual e independente, vivendo num conflito existencial. Ele, um homem poderoso e sedutor, mas de caráter duvidoso. Entre eles, o metal pesado do Republica, que traz força aos personagens", comentou o diretor que já havia trabalhado com a banda no clipe de "Life Goes On". 
 
"El Diablo" é uma das faixas de "Point Of No Return", mais recente álbum do grupo lançado em 2013. Produzido por Luis Paulo Serafim (premiado produtor brasileiro - vencedor de três Grammys), o álbum contou com a participação do famoso guitarrista Roy Z e abriu as portas para que o Republica participasse dos mais importantes festivais de música do país como o Rock In Rio e o Lollapalooza. 

O videoclipe "El Diablo" do Republica estará disponível a partir das 11h no endereço 
www.vevo.com
Também amanhã, às 18h, o grupo será entrevistado ao vivo na KISS FM para contar os detalhes da produção do vídeo.

Entre outras novidades, o fim de semana do Republica também será agitado em termos de shows. Na sexta-feria, dia 28, o grupo se apresenta no Manifesto Bar em São Paulo. Já no domingo, dia 30, o grupo será uma das atrações do festival Amplitude Rock que acontece em Osasco/SP e que também contará com shows dos Raimundos, Dead Fish, Project 46, entre outros.

Mais Informações:


WOSLOM: assista agora o trabalho mais sombrio do grupo até o momento

O WOSLOM sempre se preocupou em trazer em sua música, além de riffs marcantes e melodias inesquecíveis, uma mensagem para que nós, fãs de Metal, pudéssemos refletir um pouco sobre a nossa existência.

No mais recente trabalho nos deparamos com uma destas canções com uma letra densa e que ainda possui uma levada extremamente pesada. Estamos falando de ‘Purgatory’, novo videoclipe já disponível.

Em um clipe com imagens fortes, perturbadoras, os diretores Diogo Alvino e Edu Lawless conseguiram captar a essência da mensagem e transportaram para as imagens. Assista:

https://www.youtube.com/watch?v=D7T3k5mRwck

O quarteto segue promovendo o DVD ‘DestrucTVision’ lançado em parceria com a Wikimetal Music.

O trabalho conta com uma série de vídeos para todas as músicas de ‘Evolustruction’, divididos em videoclipes (inclusive de ‘Purgatory’) e lyric videos, além de alguns bônus. A arte da capa ficou por conta do artista Marcio Aranha.

Contato para shows e merchandise: 
woslom@woslom.com

Sites Relacionados:
www.woslom.com
www.facebook.com/woslom
www.punishment18records.com
www.metalmedia.com.br/woslom



SHADOWS LEGACY: anunciada parceria com a Arthorium Records

O Metal Tradicional do SHADOWS LEGACY ultrapassará as fronteiras do Brasil em uma parceria firmada com o selo Arthorium Records. ‘You’re Going Straight To Hell’ será distribuído internacionalmente pela empresa.

A jovem empresa, formada em 2013, tem como foco o trabalho em cima dos estilos mais tradicionais do Metal, que ainda que pouco, mantém os pés nas raízes dos anos oitenta.
Em outras palavras: Hard, Heavy, Power, Thrash e Speed Metal. Conheça mais aqui: www.arthorium.com

Lançado no comecinho deste ano, ‘You’re Going Straight To Hell’, foi extremamente bem recebido pela crítica e tornou o sonho da banda em realidade. Confira um pouco do que foi falado do álbum:

“Entra na lista dos grandes discos do Metal nacional” – Arte Metal
“Pronta para frequentar a alta cúpula do metal nacional” – Heavy Metal Brasil
“Um trabalho bem composto e equilibrado” – Brasil Metal História
“Enorme espontaneidade” – Metal Samsara
“Pode se tornar referência no metal tradicional do Brasil” – Mondo Metal
“Uma essência pura e única, sem inventar” – Whiplash!
“Grande desempenho” – Máquina Profana Fest
“Não levará muito tempo para se tornar um clássico” – Heavy and Hell
“As faixas parecem ter a fórmula certa” – Underground Resistance
“Impossível parar de ouvir” – Acervo Clave
“Tudo aqui beira a perfeição” – Anti-Heroi Recordz
“De headbanger para headbanger” – Road To Metal
“Heavy Metal Puro e sem frescuras” – Metal Generation
“E já nos pegamos fazendo air guitar com os duelos de guitarras” – Arena Metal PE

O grupo segue nos preparativos finais para o lançamento do novo EP, sucessor do álbum “You’re Gonna Straight to Hell” e mais informações serão liberadas em breve.

Confira dois videoclipes retirados do álbum:

https://www.youtube.com/watch?v=p809vgUtCcs

http://www.youtube.com/watch?v=_rWoBMooONg

Contato para shows e merchandise: 
shadowslegacyband@gmail.com.

Sites Relacionados:
www.metalmedia.com.br/shadowslegacy
www.facebook.com/shadowslegacy



SKINLEPSY: último show do ano neste fim de semana

A banda SKINLEPY fará sua última apresentação de 2014 no próximo sábado, dia 29/11, no festival Metal Roots Fest, realizado pela Fame Enterprises.

O festival tem como sede o Blackmore Rock Bar e conta ainda com as bandas Hugin Munin, Andragonia e Muqueta na Oreia. Mais informações sobre o evento pelo link:

https://www.facebook.com/events/987324104627372/

A banda anunciou a distribuição do ‘Condemning The Empty Souls’ também em formato digital e streaming. A distribuição do material digital está sendo feita em parceria com Metal Media Digital Music. O álbum pode ser comprado diretamente pelo link: http://goo.gl/OUGOET.

O SKINLEPSY prepara um novo trabalho para breve. Confira um lyric video retirado de ‘Condemning The Empty Souls’:

https://www.youtube.com/watch?v=-QGVInEMlsA

Contato para shows e merchandise: 
skinlepsy@hotmail.com

Sites relacionados:
www.facebook.com/Skinlepsy
www.metalmedia.com.br/skinlepsy



REDQUARTER: confira teaser de vindouro videoclipe

O REDQUARTER acaba de disponibilizar um pequeno teaser de seu vindouro videoclipe para a música que dá nome à banda: ‘Redquarter’.

As imagens foram captadas durante a apresentação do grupo no show de lançamento de seu EP ‘Innersight’ em sua cidade natal, Teresópolis, Rio de Janeiro. A direção, edição e produção ficaram a cargo de Ricardo Esteves e João Tayt-Sohn, pela Radar Audiovisual. Confira o teaser:

https://www.youtube.com/watch?v=skZo8efj1fE

O videoclipe estreia na semana que vem, no dia 3 de dezembro, pelo canal oficial do REDQUARTER no You Tube.

O EP ‘Innersight’ vem sendo recebido com entusiasmo pela mídia especializada e pelos fãs de Heavy Metal Tradicional, mas sem soar datado. O trabalho está disponível para download gratuito. Para baixar, visite:

www.redquarter.com.br

Aos que preferirem, o EP digital pode ser comprado em lojas especializadas em venda online.

Contato para shows: 
shows@redquarter.com.br

Sites relacionados:
www.redquarter.com.br
www.facebook.com/redquarter
www.metalmedia.com.br/redquarter 


SWORDS AT HYMNS: Arte que reflete o estado de espírito do álbum
SWORDS AT HYMNS surgiu inicialmente como um projeto de Epic Black Metal, fundado pelo guitarrista/vocalista Maicon Ristow no inverno de 2012 na cidade de Caxias do Sul/RS. A sonoridade vai além do Black Metal, com claras influências de Doom Metal e Death Metal Melódico. E este é mesmo um dos propósitos do SWORDS AT HYMNS, não se limitar a um só estilo, rótulo ou ideologia. Tendo como principal influência o clima frio da Serra Gaúcha, a parte lírica aborda temas como liberdade, misantropia, natureza e inverno, assuntos estes tratados de forma subjetiva e filosófica.

Logo após seus primeiros passos houve a adição de um novo membro, Leonardo Goulart (baixo e vocal), tornando assim o projeto, que originalmente nasceu para ser uma “one man band”, em uma dupla. Ainda em 2012, com intenção de dar inicio de fato ao projeto, foi feito seu primeiro registro, o single “The Only End To A Brave”. Lançado de forma independentemente e gratuitamente via internet,  teve uma ótima resposta do público. Em 2013 a dupla voltou a estúdio para gravar seu primeiro EP, chamado "My Freedom... Forgotten In A Gray Dimness", contendo cinco músicas, também lançado gratuitamente via internet, e na versão física pela gravadora Cianeto Discos.


A banda, que hoje é completada por Andre Lazzarotto (guitarra) e Mateus Perotti (bateria), está divulgando a capa de seu debut,“Autumnal Introspections”, que deverá ser lançado ainda no começo de 2015 pelas gravadoras Sulphur Records e Wolves Curse Records. A arte, de autoria de Marcelo Vasco, transmite exatamente a mensagem lírica que a banda passa em suas letras e sonoridade, e de acordo com Maicon Ristow, “Não poderíamos ter deixado a arte nas mãos de alguém mais inspirado do que o Marcelo, que conseguiu simbolizar bem nossa proposta nesta bela arte. E para quem curtiu nosso material do EP, com certeza ficará satisfeito com “Autumnal Introspections”, que é um passo a frente em nossa trajetória!”.



ZOMBEERS: revelados nome, capa e tracklist de debut
O ditado diz: ‘Mente vazia, oficina do diabo’ e é inspirando-se nessa frase que a banda paulista Zombeers nomeou seu debut álbum: “Oficina do Diabo”.

Em mais uma gravação no estúdio caseiro do quarteto, o Cafofo do Vagau, “Oficina do Diabo” está sendo produzido pelo guitarrista Diogo junto à banda, seguindo com seu rock sujo de letras boemias, machistas e sacanas.

Sucessor do MCD “Alcoólicos Nada Anônimos” (2013), “Oficina do Diabo” tem arte de capa do jovem desenhista e artista plástico Cleyton Amorim, que apenas com o título em mãos, criou um trabalho inusitado e diferenciado que representa tanto os “conceitos” da banda, quanto a citada frase.


Capa de Oficina do Diabo, primeiro full length do Zombeers

O quarteto tenta agora a parceria com selos para o lançamento em CD físico ainda no início de 2015, mas promete uma prévia do material em breve.

O tracklist oficial de “Oficina do Diabo” é:
01. Ahhh...
02. Vamo Pro Bar
03. Beber & Jogar
04. Vem Gordelícia
05. Inferninho
06. American Bar
07. Quando Ela Bebe é o Cão
08. Pego!
09. Sexta-Feira 13
10. Pernoites do Terror
11. Debaixo Desses Espelhos
12. Levantamento de Copo
13. Relax & Acompanhantes

A formação da banda Zombeers conta com:
Diego "Papi" Oliveira - baixo
Rafael "Schwarz" Silva – bateria
Diogo "Vagau" Trentin – guitarras
Heverton "Verme" Souza - vocais

Conheça o som do Zombeers:

Curta a página oficial da banda no Facebook:


CAVALERA CONSPIRACY: novo álbum já disponível para compra

Um dos trabalhos mais esperados do ano, não só no Brasil, mas em todo o mundo, já está disponível em nosso país via Voice Music. Trata-se de ‘Pandemonium’, novo álbum do CAVALERA CONSPIRACY.

Lançado no Brasil em parceria com a Red Star, a versão vem em um luxuoso digipack e conta com duas músicas bônus.

Este é o terceiro trabalho dos irmãos Max e Iggor Cavalera desde que se reuniram após suas saídas do Sepultura. Mais uma vez a dupla busca um som visceral misturando todas as suas influências trazendo músicas diretamente da velha escola extrema com o groove característico, marca registrada dos irmãos.

Uma música do álbum foi apresentada:

https://soundcloud.com/napalmrecords/cavalera-conspiracy-bonzai-kamakazi/s-RA3FI

Um videoclipe para a música ‘Babylonian Pandemonium’ com imagens gravadas no Brasil foi também disponibilizado:

https://www.youtube.com/watch?v=PQYEZO-Dr-A

Lembrando que a banda é a capa da edição de novembro da revista Roadie Crew. Na entrevista conduzida pelo editor Claudio Vicentin, o vocalista Max Cavalera fala mais sobre o disco. Na mesma revista também há uma resenha o disco. www.roadiecrew.com.br

Este e outros lançamentos da VOICE MUSIC podem ser comprados nas melhores lojas especializadas do Brasil. Lojistas podem entrar em contato com a Voice Music pelo e-mail: 
vendas@voicemusic.com.br


POP JAVALI: Novo vídeo de “Dois Minutinhos”, e shows em Campinas neste fim de semana.
Marcelo Frizzo, baixista do Pop Javali, acaba de disponibilizar a quinta parte da sua série de vídeos, “Dois Minutinhos”, onde ele ensina riffs, de forma prática e direta.
Assista a quinta parte, aqui:

Para ver este e os demais vídeos do músico, acesse o canal oficial do Youtube:
https://www.youtube.com/channel/UCVYBxe8gU20_MC9VXqL-fLA

Nessa sexta (28/11), o Pop Javali, uma das revelações do hard rock, estará se apresentando na Livraria Cultura do Shooping Iguatemi, em Campinas. O show será no formato acústico, onde o trio estará mostrando músicas de seus dois álbuns, em 22 anos de carreira, com destaque para “The Game Of Fate”, lançado neste ano. O show acontece às 18h.

Se você ainda não conhece o Pop Javali, veja os caras fazendo uma versão de um clássico de Ozzy Osbourne, “Bark At The Moon”:
http://youtu.be/n9MMydF3SlA

Marcelo Frizzo, também estará se apresentando no “Pixinga Bass Festival”, neste sábado (29/11, às 16h), ao lado de grandes feras do instrumento como Celso Pixinga, Joel Moncorvo, entre outros. A entrada é franca e o show acontece no EM&T Campinas (Av. Carlos Grimaldi, 145, Jd. Conceição – Campinas/SP). O evento é patrocinado pela Tesla pick ups, e terá sorteio de brindes.

Acompanhe o Pop Javali nas redes sociais:


REVOGAR: Primeiro disco será disponibilizado no Youtube
Com a ótima aceitação do debut “Vale dos Suicidas”, o REVOGAR estará disponibilizando o mesmo para audição gratuita em seu canal no Youtube, porém de uma maneira diferente, não disponibilizando na íntegra, mas sim por músicas.

Onde trará a cada vídeo novidades, como a opção de legendas para acompanhar as letras e também algumas opções de outros vídeos da banda que irão aparecer em pontos estratégicos na imagem.

Aproveite e confira agora mesmo a faixa titulo do disco: https://www.youtube.com/watch?v=qzd4IoQJFsA&sns=fb

Links Relacionados:



CHAOTIC SYSTEM: Promoção 550 likes
CHAOTIC SYSTEM está lançando em sua página oficial no Facebook sua primeira promoção, onde consiste em conseguir para sua Page 550 likes. Para isso a banda está sorteando dois exemplares do Split "Isso Nunca Vai Acabar", que também conta com a banda Still Fucking Dead.

Saiba como participar agora mesmo:


*Compartilhe em modo público o banner da promoção fixado na Page da banda

*E vá até a aba "Promoções" (https://www.facebook.com/chaoticsystemcrustgrindcore?sk=app_154246121296652&app_data=%7B%22id%22%3A4...) e clique em quero participar no aplicativo "Sorteie me"

Pronto, você estará concorrendo a um Split com as bandas Chaotic System e Still Fucking Dead!

Lembrando que serão dois ganhadores!

Mas a promoção só será feita assim que nossa page chegar aos 550 likes!

Links Relacionados:



HICSOS: Novos vídeos ao vivo disponíveis
E o gigante HICSOS não para, seguindo forte a divulgação de “Circle of Violence” mais dois vídeos ao vivo de seu ultimo show são liberados.

Após o sucesso da nona edição do “Trinka Metal Festival” que o HICSOS tocou ao lado do Torture Squad, a banda se sentiu extremamente satisfeita o que é possível ver nos vídeos a seguir, onde os gigantes botam pra quebrar de vez, confira:



Links Relacionados:



YOSH DESIGN: Ótima opção de gráfica e web design
YOSH DESIGN vem ao mercado para trazer um diferencial ao cliente, seja na criação de layouts para sites ou até mesmo na criação exclusiva de um simples cartão de divulgação de sua empresa/site/banda.

Preços acessíveis e um trabalho de primeira, feita por profissionais formados na área e com alto conhecimento e criatividade. Outros serviços oferecidos pela YOSH DESIGN são: criação de mascotes, logotipos, recuperação de identidade visual e etc.

Acesse agora mesmo e confira: http://yoshdesign.com.br/

Aproveite e curta a página da empresa: https://www.facebook.com/artworks.yosh/timeline


CxFxCx: Executando clássico do Crossover nacional em SP
Na sua segunda passagem por São Paulo a CxFxCx deixou novamente a marca do Crossover gaúcho em grandes shows, e para marcar está bela volta os gaúchos prestaram um belo tributo há um dos grandes nomes do Crossover nacional, o Bandanos.

Tocando o clássico “Stay Cyco” no Clash Club no dia 12 de outubro.

Confira agora mesmo a CxFxCx quebrando tudo com “Stay Cyco”: https://www.youtube.com/watch?v=T9v63d34REQ&index=1&list=UUxB16-DJOXcyu-pP8yZMdTQ

Links Relacionados:



NO REMORSE: União entre as bandas um ponto primordial
NO REMORSE se tornou uma das bandas mais comentadas do underground carioca, seja pelo números de shows que realizam ou por algumas “polemicas” relacionadas a banda, nada que tire seu foco e muito menos seu caráter de falar a real, doa a quem doer.

O vocalista/guitarrista Igor Rodrigues comenta sobre o que poderia de fato melhorar o underground:

 “Apenas duas coisas poderiam melhor o underground: mais união entre as bandas e produtores que valorizem as bandas de seu país. Duas coisas que parecem simples, mas não são infelizmente.

Em um ótimo momento o NO REMORSE lançou neste ano o Single “Killing Ground” que está trazendo ótimos frutos à banda, e Igor nos fala como surgiu a ideia para a capa emblemática do trabalho:

A capa do Single veio após a concepção da música, decidimos por essa foto das cabeças dos cangaceiros expostas, pois é uma foto bem marcante e que poderíamos tornar em algo ainda mais Thrash, mais No Remorse... E foi isso que o Renato Carneiro fez (artista que desenhou a capa). A partir da nossa ideia inicial ele iniciou e melhorou o que queríamos como ele sempre faz!

E ressalta a importância do tema lírico do lançamento:

Com relação à composição, o Pedro havia feito esse riff há um tempo, e estamos numa fase que procuramos escrever sobre tópicos que não são muito comuns na maioria das bandas de Thrash. O Pedro é um cara bastante criativo e Nerd, com isso ele teve a ideia de fazer a letra sobre o Lampião, achamos foda na hora! Pois retrataria uma parte importante da história do Brasil, e ele foi fundo e fez essa letra, e ficou bem foda!

Para o próximo álbum temos outras letras bem originais também com relação a quadrinhos, fenômenos naturais, o paralelo 37, entre outras.

Polêmicos ou não é fato que o NO REMORSE é a banda do underground carioca que mais faz show em seu estado e que tem o carinho de muitos, tendo uma base alcoólica de fãs bem solida.

Para 2015 a máquina não para e muitas novidades surgirão!

Links Relacionados:



MASTERMIND: Novo disco na reta final e último show do ano marcado
Correndo contra o tempo os paraguaios do MASTERMIND estão a todo vapor para finalizar seu novo álbum, estando agora nos últimos ajustes do lançamento, e preparando o material gráfico que embalará mais está obra do Thrash paraguaio.

A ideia do MASTERMIND é lançar o disco ainda esse ano, já para iniciar 2015 com pé direito e quem sabe com uma distribuição do mesmo no Brasil.

Ainda não se sabe, mas quem sabe o show de lançamento do novo disco seja no dia 20/12, no ultimo show de 2014 doMASTERMIND, que será na Argentina na cidade de El Dorado.

E certamente traremos todas essas informações a vocês, desde esse show histórico na Argentina e do lançamento do novo disco que colocará o MASTERMIND entre os grandes do Thrash paraguaio.

Links Relacionados:



BANDANOS: Participando da Coletânea “BRASIL UNDERGROUND ATTACK VOL. 3”
Idealizada pelo site Pólvora Zine (http://polvorazine.com/?p=4427) a Coletânea “BRASIL UNDERGROUND ATTACK” chega a sua terceira edição, e os paulistanos do BANDANOS estão figurando na mesma com a música “Fato ou mentira” de seu novo álbum “NOBODY BRINGS MY COFFIN UNTIL I DIE”.

Confira o tracklist completo da compilação:

1- Start the chaos – EXPOSE YOUR HATE
2- Endtime panorama – TELLUS TERROR
3- Slaves of war – EVIL SYNDICATE
4 -Killing you was not enough – SOUL INSIDE
5 -Corruptos – LETHAL STORM
6 -Crawling as a worm – SKINLEPSY
7 – Inside my headache – YEKUN
8 – In revolt – DYSNOMIA
9 – Guerra anunciada – HATE EMBRACE
10 – Hunting season – DAMAGEWAR
11- Unsacred – HELLLIGHT
12- Fato ou mentira – BANDANOS
13- Infernal domination – SANGRENA
14- Frenesy – NOWRONG
15- I drink your blood – ZOMBIE COOKBOOK
16- Drink like a man – ANEUROSE
17- Misantropia – M26
18- When We No More Among Stay – SWORDS AT HYMNS
19- Legion – PRIMORDIUM
20-Necromancer – NECROMANCER
21- The joker – FORKILL

Aproveite que a mesma está disponível em formato digital gratuito e baixe agora mesmo: http://bit.ly/1xU05GY

Links Relacionados:

Twitter: @bandanos_crossover


AS DRAMATIC HOMAGE: Sendo destaque no tributo nacional ao Moonspell
Desde o seu lançamento o tributo “... Em Nome Do Medo...” vem sendo bastante comentado, e uma das bandas que tem se destacado no tributo é os cariocas do ADH, com sua bela versão do clássico “Fullmoon Madness”, que manteve a originalidade porém com vários toques pessoais que só enriqueceu a composição.

Veja o que a imprensa tem falado da participação do ADH no tributo:

Imprensa do Rock: “O que esses cariocas fizeram com essa música ficou algo inexplicável. O clima gélido e “dark” que a música já possui ajudou e muito a banda a colocar um tempero a mais em cada acorde, os caras conseguiram manter o nível e souberam desenvolver bem. Grande destaque do disco.

Metal Samsara“... belíssima versão, tão rica como a original, com ótimas vocalizações e teclados, mas que se diga que toda a banda mostra grande forma.

A Música Continua a Mesma: “Com relação ao que escutei, em um primeiro grupo incluiria as versões do Malkuth (Tenebrarum Oratorium), Patria (Wolfshade), Malefactor (Alma Mater), As Dramatic Homage (Full Moon Madness), Ravenland (Magdalene), Veuliah (In and Above Men), Hate Embrace (The Southern Deathstyle) e Obskure (Night Eternal). Essas foram as que melhor conseguiram manter a essência original do Moonspell.

Brasil Metal História: ”“Full Moon Madness”, do álbum “Irreligious” (1996), tem trechos cantados em português e ganhou uma versão do quarteto “avant garde”, As Dramatic Homage.

Aproveite e baixe o tributo agora mesmo: http://heavyandloud.com.br/emnomedomedo/

Links Relacionados:

Twitter: @ADHMetal


ANIMAL HOUSE: Entrevista ao site Road to Metal
Em recente entrevista ao site gaúcho Road to Metal o vocalista Mutle¥ falou sobre o atual momento da ANIMAL HOUSE, sobre seu novo lançamento o EP “Limbo” e de algumas polemicas envolvendo o underground nacional.

Confira alguns trechos dessa exclusiva feita por Sergiomar Menezes:

RtM: Uma banda nova, principalmente se executa um Rock mais pesado, passa sempre por dificuldades. Desinteresse do público, músicos por vezes sem o foco necessário, etc... O grupo passou por estes problemas? Como seguir em frente com um cenário até certo ponto, desfavorável?

Mutle¥: Sim, e como passou. Eu mencionei em entrevistas anteriores que chegou um momento onde a ANIMAL HOUSE foi completamente boicotada dos eventos locais. Chegou ao absurdo de na véspera de um evento, o produtor desse evento me falar que nós estávamos fora do cast, por que a banda principal (uma banda da cidade que tem até uma certa representação no cenário nacional) disse que não queria que tocássemos nesse evento.

Acho que falta esse tipo de união na cena. Lá fora, todo mundo se uniu para construir algo sólido, por isso que a cena lá é forte e se reinventa, aqui como eu disse, cada um por si. È triste, mas temos que aceitar a realidade de que vivemos em um país onde você prejudicar o outro em prol de benefício próprio é cultural e socialmente aceito.

RtM: O grupo já se encontra em estúdio gravando o próximo trabalho. O que podemos esperar?

Mutle¥: Podem esperar um disco mais curto, mas ainda mais técnico e agressivo que nosso debut. LIMBO possui apenas quatro músicas, mas são todas músicas muito bem trabalhadas tecnicamente, e com uma produção melhor. Eu consegui participar mais ativamente do processo dessa vez, e a diferença é enorme.

Eu pretendia lançar o disco na primeira metade desse ano, mas não foi possível, levei quase dois anos para fazer às pazes com minha conta bancária depois do FIRST BLOOD, e não queria passar por isso de novo. Por isso fui obrigado a suspender o projeto por um tempo, mas estava decidido à lançar esse ano.

RtM: O cover de “Ghost Riders in the Sky” (Johnny Cash) é um dos destaques do primeiro disco. Como essa música veio a figurar no álbum?

Mutle¥: Eu sempre fui muito fã de Johnny Cash. Mesmo a música original não sendo dele, foi sem dúvida O Homem De Preto que imortalizou a canção. Eu sou um grande fã de Southern Rock, e também de Country/Blue Grass norte americano, e acho que isso é bem perceptível, tanto para pessoas próximas à mim quanto para pessoas que acompanham os trabalho da banda, e eu queria mostrar esse lado da ANIMAL, pegar uma música de um grande nome do gênero, e dar à ela a cara da ANIMAL HOUSE.

Leia a mesma na íntegra no link a seguir: http://bit.ly/1vono9V

Aproveite e ouça a nova música “Monochromatic” que estará presente no novo lançamento: https://soundcloud.com/heavy-and-hell-press/animal-house-monochromatic

Links Relacionados:

Twitter: @animal_house1


KONTRUST: banda  lança novo videoclipe: “Just Propaganda”
Você pode nunca ter ouvido falar da banda austríaca Kontrust, mas não vai se arrepender quando checar. É muito difícil rotular o estilo da banda, mesmo a mídia a chamando de “crossover”, uma vez que a anda mistura todo e qualquer tipo de elemento em seu som pirado como hip hop, reggae, heavy metal, hard rock, polka, música eletrônica… A lista é infinita. Ouvindo uma música não é possível ouvir tudo do que essa banda é capaz, sendo formada por Agata Jarozs e Stefan Lichtenberger nos vocais, Gregor Kujo no baixo, Roman Gaisböck na bateria, Mike Wolff na guitarra e Manuel Haglmüllerk na percussão.

Konstrust têm feito shows em diversos países da Europa, entre esses, festivais como Metal Female Voices (apesar de ter também um vocalista masculino), Woodstock e Sonic Blast – e agora começa a chamar atenção pelas Américas.

 O quarto álbum da banda, intitulado “Explositive”, acaba de ser lançado e com ele o vídeo do single “Just Propaganda” pela Napalm Records, confira:


A banda também divulgou no youtube uma prévia das músicas do álbum novo:


Site Oficial: www.kontrust.info  


STATIK MAJIK: banda planeja relançamento de primeiro álbum para 2015
Além do relançamento do segundo CD “Wrath Of Mind”, na Inglaterra, pela Secret Service – nos próximos meses, em formato digipack, contendo dois bônus e um novo encarte – a Statik Majik está planejando o relançamento de seu primeiro álbum, “Stoned On Musik”, que foi originalmente lançado em 2010.

“Queremos relançar o ‘Stoned’ no ano que vem. Estamos analisando a forma melhor para este material retornar, estudando propostas de selos e distribuidoras. A ideia de relança-lo, surgiu no momento que as pessoas começaram a nos perguntar sobre essa possibilidade, durante shows e em algumas lojas que distribuem nossos álbuns. Fiquei super feliz com isso, pois muita gente ainda não conhece este disco, até pelo fato da banda ter tido uma exposição maior neste ano de 2014, Eu tenho muito orgulho dele, afinal, foi com esse ‘debut’ que a Statik Majik passou a ser reconhecida em todo o Brasl”, declara, Luis Carlos, baterista e líder da banda.

É provável que “Stoned On Musik” seja todo repaginado, com nova arte, fotos, e possivelmente, alguns bônus.

Enquanto isso, a Statik Majik segue firme com a criação de novas composições, que estarão em seu terceiro trabalho de estúdio – sem previsão de data de lançamento, ainda – e no agendamento de shows e turnês para 2015.

Siga o Statik Majik nas redes sociais:


NIHILISTINEN BARBAARISUUS: lança primeiro vídeo oficial
A banda NIHILISTINEN BARBAARISUUS lançou seu primeiro vídeo oficial. A faixa escolhida foi Anhedonia retirada do  primeiro álbum "Synkkä Tuuli". Para conferiri o vídeo acesse:


Para mais informações da banda acesse:
Metal-Archives:
Facebook:
ReverbNation:
Bandcamp:


VICIOUS RUMORS: projeto envolvendo tour brasileira 
Os norte-americanos da Bay Area do Vicious Rumors informaram que estão com um projeto em andamento. A banda pretende captar imagens de sua tour pela América do Sul (que inclui a primeira passagem pelo Brasil) para o lançamento de um futuro DVD.

A banda anunciou que se não houver a oportunidade de gravar o DVD, caso algo dê errado, um CD ao vivo será lançado e abrangerá shows realizados em 4 continentes.

Mais informações:

twitter.com/viciousrumors.com  

Obs.: As notas publicadas nesta seção são de responsabilidade das assessorias das bandas/artistas.

Vitter

VITER - official site